Trincheira da avenida Balaiadas é inaugurada e tem tráfego liberado

Trincheira da Avenida Balaiadas é inauguradaFoi inaugurada neste sábado (31) a trincheira que liga os bairros Marta Helena e Nossa Senhora das Graças. Antiga reivindicação da comunidade, a trincheira que fica no cruzamento das avenidas Balaiadas e Antônio Thomaz Ferreira de Rezende foi iniciada em agosto de 2012 e teve um investimento de quase R$ 5 milhões. Todos os recursos investidos na obra são próprios do município, oriundos dos impostos da população uberlandense, especialmente o IPTU.

O novo complexo viário teve o trânsito liberado e trará vários benefícios diretos à comunidade dos bairros Nossa Senhora das Graças, Marta Helena, Distrito Industrial e Minas Gerais. “É uma ligação importante para essa região e acima de tudo dá mais segurança à população. Nesse primeiro ano conseguimos economizar gastos para converter em obras para a população”, disse o prefeito Gilmar Machado que enviará projeto de lei para dar o nome da trincheira de Nossa Senhora das Graças, a pedido dos moradores locais. Gilmar Machado ainda anunciou que em breve dará início às obras de pavimentação para algumas vias do bairro Minas Gerais.

Para que a obra ficasse completa, foram desenvolvidos projetos de drenagem, iluminação, grades de proteção e guarda-corpo. “Espero que esse novo sistema viário facilite a vida de todos da região. É um grande presente para Uberlândia no dia de seu aniversário. O povo saiu ganhando com mais essa construção”, ressaltou o secretário municipal de Obras, Fernando Nascimento.

Para receber a trincheira, a avenida Balaiadas passou por intervenções. Foi necessária a retirada dos trilhos abandonados da Ferrovia Centro Atlântica (FCA) e a via foi ampliada. A Balaiadas agora conta com quatro pistas de rolamento sendo duas por sentido além de uma via marginal. A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) instalou as novas sinalizações e travessias elevadas na avenida. Também foram feitos fechamentos de canteiros e uma rotatória entre as ruas Ceará e Rio Grande do Norte. “Os ajustes trarão maior fluidez e segurança no trânsito”, explicou o secretário Alexandre Andrade.

Estima-se que passam pelo cruzamento cerca de 20 mil veículos por dia. Além do tráfego urbano, a avenida Antônio Thomaz Ferreira de Rezende recebe o trânsito rodoviário que chega das BRs 452 e 050 e cruza os bairros até o Distrito Industrial.

Para o aposentado Valdeci Silva, que mora no bairro Marta Helena desde 1965, a trincheira dará mais tranquilidade aos moradores. Embora não tenha presenciado muitos acidentes, o aposentado afirmou que o trecho era muito perigoso quando se deslocava de um bairro para o outro, principalmente devido ao constante trânsito de caminhões. “Na hora de pico a gente não conseguia atravessar a avenida. Com certeza agora vai melhorar bastante, com mais segurança para os pedestres e motoristas que querem apenas passar de um bairro para o outro sem ter que encarar o trânsito de rodovia”, contou.

Secom PMU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *