Semana de Aleitamento Materno começa nesta quinta-feira (1º)

Semana de Aleitamento Materno começa nesta quinta-feira (1º)

Semana do Aleitamento Materno acontecerá entre os dias 1º e 7 de agosto

O leite materno é considerado fundamental para o crescimento saudável de toda criança. O incentivo à amamentação no primeiro ano de vida faz parte do programa Saúde da Criança e do Adolescente da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Realizada em mais de 120 países desde 1998, em Uberlândia a Semana do Aleitamento Materno acontecerá entre os dias 1º e 7 de agosto. A Prefeitura apoia o evento que é realizado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

O tema desta edição é “Aconselhamento” e visa a estimular as mães na amamentação com todo o suporte da rede e da família. A mobilização social desse tema acontece em determinadas unidades do Programa de Saúde da Família, com palestras, reuniões com gestantes, vídeo educacional, grupos de bate-papo, orientações e distribuição de material educativo nas salas de espera. Assistentes sociais, médicos e enfermeiros unem esforços para mostrar a técnica correta de amamentação e a importância da prática às pacientes da rede pública de saúde.

“É uma programação para orientar as mães sobre a importância do leite materno tanto para o bebê quanto para a mãe. Há um declínio na amamentação e por isso é importante o aconselhamento contínuo às gestantes e àquelas que já deram à luz”, explicou a pediatra e coordenadora do programa, Raquel Cazabona.

No Dia D da Semana de Aleitamento Materno (6 de agosto) serão ministradas duas palestras para profissionais da área da saúde no Anfiteatro do Bloco 2A, no Campus Umuarama da UFU, a partir das 14h30. A primeira é sobre o “Aconselhamento às mães que amamentam”, da pediatra do Centro de Lactação de Santos, Keyko Miyasaki Teruya.  A segunda será ministrada pelo obstetra do Hospital Sofia Feldman, Edson Borges de Souza, de Belo Horizonte, com o tema “O papel do Obstetra na promoção e apoio à amamentação”. Ao final, os participantes debatem sobre as questões levantadas em uma mesa-redonda.

Vantagens da amamentação

O aleitamento traz inúmeras vantagens para o organismo da criança em relação ao leite de vaca ou artificial. O leite materno é capaz de evitar mais de seis milhões de mortes por ano no mundo e reduz as chances de morte por doenças respiratórias em quatro vezes. Além disso, o bebê que não é amamentado pela mãe, tem 60 vezes mais necessidade de internação hospitalar e 14 vezes mais possibilidades de óbito por diarreia.

Em relação a mãe, os benefícios também são enormes. Segundo a pediatra, o aleitamento previne cânceres de mama, ovário e útero, bem como evita a osteoporose e a depressão pós-parto. “Além disso, ajuda a mãe a parar o sangramento do útero após o parto e permite uma perda de peso mais rápida”, concluiu Raquel Cazabona.

Secom PMU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *