Expansão do perímetro urbano exclui bairro Morada Nova

De acordo com moradores no bairro não possui saneamento básico, mesmo pagando água, luz e esgoto.

De acordo com moradores no bairro não possui saneamento básico, mesmo pagando água, luz e esgoto.

A aprovação do projeto de expansão do perímetro urbano de Uberlândia não agradou aos moradores do bairro Morada Nova, que não foram incluídos no projeto. Eles alegam que pagam água, luz e esgoto e que não deveriam ser considerados da zona rural.

Com pouco mais de seis mil habitantes o bairro, que fica no setor de chácaras na zona oeste de Uberlândia, está fora da ampliação da área urbana da cidade. A votação foi feita pelos vereadores na manhã desta última quinta-feira (13). O vice-presidente da associação dos moradores, Leandro da Silva, se diz insatisfeito com o projeto.

“Não estamos satisfeitos de maneira nenhuma, por saber que todos os recursos que nós precisamos tem que ser através do perímetro urbano. Nós não estamos sendo beneficiados com nada, não tem área de lazer e temos somente uma escola de ensino fundamental, mas não possui ensino médio. Portanto estamos muito insatisfeitos com a situação em que estamos vivendo”, afirmou Leandro da Silva.

Segundo o morador do bairro, Luiz Augusto, devido à falta de saneamento básico, os moradores fazem fossas, o que acaba trazendo doenças, principalmente nas crianças, e contaminando a água.

http://youtu.be/UYwhpJqXAL0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *