Produtor de banana recebe certificado inédito do IMA

A propriedade de 10 hectares possui uma produção focada na sustentabilidade e no manejo agroecológico

Incentivar a produção sustentável em Minas Gerais, agregando valor e qualidade aos produtos. São ações previstas a partir do primeiro certificado emitido pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) para uma propriedade que produz bananas sem agrotóxicos. O certificado denominado SAT – voltado para produtos de origem vegetal sem agrotóxico – é inédito para produção de banana em Minas e foi concedido ao produtor Jaime Sena Gonzaga, do município de Nova Porteirinha (região Norte do Estado).

A propriedade de 10 hectares possui uma produção focada na sustentabilidade e no manejo agroecológico, sem a utilização de substâncias nocivas à saúde. Os insumos fertilizantes e de combate às pragas, em sua maioria, são produzidos dentro da propriedade através da utilização de adubos feitos a partir da compostagem e da “biocalda” de fermentação feita com mel de cana, esterco, entre outros.

O produtor Jaime Sena Gonzaga, destaca a importância da certificação. “A primeira preocupação foi com a qualidade dos produtos, que por serem produzidos sem qualquer agrotóxico não agridem o solo, o meio ambiente e a saúde dos consumidores. Depois da certificação, a repercussão em minha cidade tem sido grande. A intenção é estimular outros produtores a aderirem ao sistema, que ao contrário do que se pensa, não é mais caro que o convencional. E quem sabe futuramente, poderemos comercializar as bananas nos grandes centros urbanos”, finaliza.

Para conceder a certificação o IMA realizou auditorias de conformidade e análises de resíduos para verificar a qualidade e características das bananas, obedecendo a uma série de critérios. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) ficou responsável por prestar toda a assistência técnica.

De acordo com o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, a certificação de produtos sem agrotóxicos e ecologicamente corretos é uma tendência, já que a sustentabilidade tem sido um critério cada vez mais valorizado. “É interessante multiplicar esta ideia para mostrar que é viável e rentável produzir desta maneira. Além disso, o certificado agrega valor, atesta a qualidade e procedência do produto, proporcionando ao produtor o ganho de novos mercados”, comenta.

Atualmente, os produtos certificados no IMA pelo programa de certificação de produtos sem agrotóxicos – o SAT são o café, hortaliças e morangos, sendo que mais uma propriedade de banana e uma associação de produtores de açúcar mascavo da região de Campos das Vertentes passam por processo para receber esta certificação.

Certificação

O IMA é a instituição estadual responsável pela certificação de origem e qualidade dos produtos agropecuários e agroindustriais produzidos em Minas Gerais.

A certificação de produtos de origem vegetal sem agrotóxico (SAT) é oferecida pelo Instituto para o sistema isento de agrotóxicos em qualquer fase.  Possui normas, procedimentos e padrões específicos que visam atender a demanda dos consumidores exigentes além de agregar valor aos produtos. A certificação SAT é de adesão voluntária e deve ser renovada anualmente. Mais informações pelo site www.ima.mg.gov.br.

Fonte: IMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *