Homem viola túmulo da mãe e espalha ossos pela cidade

Imagens gravadas no cemitério mostram o vandalismo, supostamente provocado pelo suspeito

Um homem é acusado pela população do Distrito de Amanhece de violar o túmulo da própria mãe e espalhar os ossos pela cidade de Araguari. De acordo com alguns moradores do distrito, Claudinho, como é conhecido, teria problemas psiquiátricos e já teria destruído parte da estrutura do coreto da Igreja Nossa Senhora Aparecida e vários outros túmulos do cemitério.

Há informações que ele invadiu o cemitério arrombando a porta de entrada e desenterrou a ossada da própria mãe. Ele ainda teria arrancado a tampa da cisterna, quebrado e jogado dentro da mesma. 

“Ele pegou os ossos e saiu ‘distribuindo’ lá pelo viaduto de Araguari”, disse Antônio da Silva. Segundo o morador, Claudinho faz esse tipo de delito há 2 anos e eles temem que o homem possa tentar contra a vida de moradores do local. “Ele já destruiu a casa (própria) toda. Certa vez ele deu uma cacetada na mãe dele e ela veio a falecer, depois bateu no pai também. O pai ficou muito tempo internado e a família também não consegue dar conta dele”, disse.

A reportagem não encontrou ossos da mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *