Uberlândia registra mais casos de gripe A do que BH

Álcool em gel virou objeto obrigatório

Álcool em gel virou objeto obrigatório

A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Uberlândia divulgou dados referentes ao ano de 2012 sobre a gripe A (comumente chamada de gripe suína), transmitida pelo vírus Influenza A/H1N1. O resultado chama a atenção por dois pontos que merecem destaque.

O primeiro é o crescimento dos casos registrados. Desde que houve a explosão de casos da H1N1 em 2009, com 10.076 casos e 414 mortes em Minas Gerais, as pessoas passaram a ter mais cuidado com as formas de contágio e novos hábitos foram adquiridos pela população. Álcool em gel virou objeto obrigatório encontrado em bolsas e mochilas, estabelecimentos comerciais e repartições públicas também começaram a oferecer o produto para o uso. O medo de contágio deixou todos em estado de alerta.

Passado o tempo, percebe-se um relaxamento natural das pessoas com os hábitos de higiene e, com isso, o número de casos registrados tem aumentado. Em 2010, ainda em estado de alerta, apenas nove pessoas foram infectadas, com duas mortes confirmadas em Minas Gerais. O número subiu para 26 casos e quatro mortes em 2011, e novamente saltou para 33 infectados e 11 mortes até o meio do ano de 2012. Os números mostram um crescimento de infecções na mesma proporção em que as pessoas relaxam nos cuidados com a saúde e higiene.

O segundo ponto que chama a atenção é a relação das cidades que mais tiveram casos de H1N1 em todo o estado. Encabeçando a lista está Uberlândia, com oito casos e duas mortes em 2012, à frente inclusive da capital mineira, que teve três casos e nenhuma morte, mesmo com uma população de mais de 2,5 milhões de pessoas, quase quatro vezes maior que a de Uberlândia. Percebendo a situação, a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais deve intensificar campanhas de conscientização dos mineiros acerca da importância de hábitos de higiene simples, mas que podem salvar vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *