PC divulga retratos falados dos suspeitos da chacina em Miraporanga

O Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP) divulgou, na tarde dessa quinta-feira (26), os retratos falados dos três suspeitos de matar três trabalhadores sem terra em Miraporanga, município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

As vítimas, que pertenciam ao Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), Valdir Dias Ferreira, 39 anos, Milton Santos Nunes da Silva e ClestinaLeonar Sales Nunes, 47 anos, residiam no acampamento 21 de Agosto, na Fazenda São José dos Cravos, em Prata. No dia 24 de março, eles viajavam num automóvel com destino a Uberlândia, quando foram abordados e executados pelos suspeitos, que estavam em outro veículo. Uma criança de apenas cinco anos, que também ocupava o automóvel, não foi morta.

O delegado Kleyverson Resende, da Delegacia de Homicídios de Betim, que preside o inquérito, explicou que após investigações foi possível confeccionar os retratos falados dos suspeitos. “As investigações continuam para identificar e prender os autores. Com a divulgação dos retratos falados, esperamos conseguir informações sobre o paradeiro dos suspeitos por meio da colaboração da população, que pode passar informações para o Disque Denúncia 181. O sigilo é absoluto”, ressaltou o delegado.

Fonte: ASCOM/PCMG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *