Você precisa de um protetor bucal?

Cristiano Ronaldo com protetor bucal

Cristiano Ronaldo com protetor bucal

Imagine como seria se você perdesse um ou dois dentes da frente… Sorrir, falar ou comer seria bastante desagradável! Saber como prevenir situações como esta, torna-se importante se você pratica algum esporte ou participa de atividades de recreação ao ar livre.

Quando se trata de cuidados, o protetor bucal é uma peça indispensável, que deve fazer parte do equipamento básico de todo atleta, desde as idades mais precoces. Sabe-se que um atleta tem 60 vezes mais chances de sofrer injúrias nos dentes quando não está usando um protetor bucal!

O protetor bucal ajuda a amortecer o impacto do golpe sofrido. Quando ele não está presente, pode ocorrer fraturas dentais, nos maxilares ou cortes no lábio, língua ou face. Eles podem também reduzir a ocorrência e a severidade das concussões.

Em quais esportes você poderá precisar do protetor bucal?

– Acrobacias
– Basketball
– Ciclismo
– Boxe
– Eventos equestres
– Futebol
– Ginástica
– Handball
– Skate
– Artes marciais
– Esqui
– Paraquedismo
– Squash
– Surfing
– Voleyball
– Lutas (judô, karatê, vale-tudo, etc.)
– Outras

Quais são os tipos de protetor bucal existentes?

a. Pré-fabricado ou de estoque,
b. Fabricado na boca ou “aqueça e morda”,
c. Personalizado, feito pelo seu Dentista.

Todos os três modelos oferecem proteção necessária, porém variam em conforto e custo.

Escolha o protetor bucal que:

– Seja elástico e resistente ao desgaste,
– Encaixe corretamente e seja confortável,
– Seja fácil de limpar,
– Não dificulte a fala e a respiração.

Cuide bem do seu protetor bucal:

– Lave-o antes e após usá-lo ou escove-o com escova e pasta dental,
– De vez em quando, lave-o com água e sabão e enxague-o bem,
– Guarde-o e transporte-o num recipiente rígido e ventilado (perfurado),
– Não o exponha ao sol e à água quente,
– Verifique se há desgastes e substitua-o quando necessário.

Obtenha o máximo do seu protetor bucal:

1. Não utilize aparelhos removíveis ao usá-lo,
2. Utilize o tipo personalizado, se você usa aparelho ortodôntico ou tem o queixo muito para frente ou muito para traz, ou se tem fissura palatina,
3. Não mastigue ou morda com o protetor bucal,
4. Use-o tanto durante os treinamentos como nas competições,
5. Faça controles odontológicos periódicos e visite seu Dentista, antes dos campeonatos,
6. Leve o seu protetor bucal em todos os atendimentos odontológicos.

Seu dentista pode fazer um protetor personalizado para você ou seu filho, que seja confortável e ofereça proteção superior.

Considerando que o tratamento dos traumatismos dentais relacionados aos esportes pode custar milhares de dólares, um protetor bucal personalizado é um investimento que vale a pena!
Fonte: Informes da American Dental Association.

Dr. Alexandre V. Fernandes – CRO-MG: 12.398.
Mestre em Estomatologia
Mestre e doutor em Cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial
Responsável técnico da Primer Odontocenter.
Sugestões de temas e dúvidas: [email protected]
(34) 3236-7506 / 9971-4647

coluna.saudebucal

Sobre Coluna Saúde Bucal

Dr. Alexandre Vieira Fernandes graduou-se em Odontologia pela Universidade Federal de Uberlândia em dezembro de 1985. É mestre e doutor em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial e mestre em Estomatologia pela UNESP - Araçatuba. Atuou como pesquisador pelo CNPq na área de CTBMF e como professor do curso de Odontologia da Universidade Federal de Uberlândia. Atualmente é docente de Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial do Curso de Odontologia da UNITRI. Diretor presidente da Primer Odontocenter - www.primerodontocenter.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *